Eloy Fonseca

Há sempre algo de ausente que me atormenta. (CamilleClaudel)

Textos
Título Categoria Data Leituras
Fênix Poetrix 16/01/08 43
Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras